sábado, 27 de agosto de 2016

Irreparável

Olha, dona Carla
A xícara quebrou
O verão passou
A noite caiu
E a música acabou

Olha, dona Carla
Eu sei que você sabe
A vida segue
E arrasta a gente
Dona Carla,
Me diz uma coisa
Como você consegue sorrir?

A vida é tão dura
A gente deita e chora
Reza e às vezes pede
Pro amanhã não vir

Mas ele vem
Olha, dona Carla
Você ainda dança
E o amor existe
Mesmo com a xícara quebrada

Nenhum comentário:

Postar um comentário