sexta-feira, 22 de julho de 2016

Nunca.

Cansei das palavras cruzadas e de procurar o significado, cansei das suas entrelinhas, elas não me sorriem mais (não tem tanta graça depois que você sangra até morrer); eu queria um travesseiro e sentir a pele quente; eu cansei dos espelhos e dos meus reflexos se quebrando pra eu poder te ver, na brechinha da janela, eu cansei, quero abrir as cortinas, quero descascar a parede, porque o bonito não me interessa, quero saber qual é a pintura velha e o que tanto se esconde porque é ultrapassado, porque aquela coisa bem ali sob o que se mostra não cabe, quero ver e arranhar e guardar aquilo nos meus olhos, mesmo que se cubra novamente; eu quero cicatriz porque tem história, eu quero ver, eu quero pele, eu quero verdade, eu cansei, não quero mais, não quero mais, eu quero tanto, agora ou nunca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário