sexta-feira, 1 de abril de 2016

I miss you every single day.

Que saudade de você, menina.
Eu lembro de cada detalhe nosso, nada se perde.
Sinto saudade de nós. O que foi que aconteceu? Parecia tudo tão bem e de repente você me disse "eu não posso mais ficar, preciso ir embora" e foi, mas nunca saiu daqui de dentro, nunca saiu de mim.
Então olha, o aroma das flores é a nossa vida que não viveu e o canto dos pássaros me dá notícias tuas. As plantinhas que nascem lindas e logo morrem contam nossa história, te encontro até na água que ferve a chaleira. Como você foi embora se está em tudo?
Cada vez que uma borboleta passa pelo nosso lugar, uma pequena luz se acende. Os pequenos vagalumes são tão bonitos porque está escuro e as tuas mãos parecem quentes porque agora faz muito frio aqui dentro.
Te encontro nos meus olhos que choram ao ler suas palavras, eu tenho tudo guardado, fecho os olhos e ouço tua voz, sinto teu cheiro, sorrio com sua risada, te amo novamente, como nunca deixei de amar.
Eu sinto sua falta, menina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário