domingo, 1 de novembro de 2015

Green eyes.

Te escrevo pra me desculpar daquilo que não tem perdão.

Quando meu sangue escorrer
é pra você que eu vou sorrir
Quando meu sangue escorrer
é pra você que vou cantar

É em você que eu penso
sempre que abro a janela
É em você que eu penso
pra não me jogar.

Não sei como fazer
tudo parar de doer tanto
Você vem e alivia toda a dor

Você me inunda
Teus olhos cheios me afogam
Quero viver por você

Porque se você for comigo
Eu vou
Mesmo que não haja mais pra onde ir
Mesmo que não exista mais
caminho ou rua pra andar
Se você for
eu vou.

Um comentário: