domingo, 1 de novembro de 2015

Fracasso.

Jurei que não ia fazer isso contigo, que não ia fazer isso com a gente, mas veja só, eu estou fazendo de novo, como fiz todas as vezes, todas as vezes, jurei que não faria.
Estou aqui, escrevendo, pra me desculpar mais uma vez, do que não tem perdão.
Não sei por que eu faço isso, juro que não sei.
Eu só queria te fazer bem e ficar bem
e viver ao menos tranquila, com sorrisos e bom dia, mas minha vida teima em ser essa abismo, esse buraco escuro que atrai e destrói tudo que chega perto.

Não quero que você se perca.

Não quero que você se perca por minha causa.

Não quero que você se perca em mim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário