sexta-feira, 24 de maio de 2013


               Todos perguntavam o motivo de seu pranto e ao ouvirem a resposta, diziam que ninguém chora por nada.
               
                ''Eu não tenho nada.'' - repetia ela.



E de fato, nunca teve.


2 comentários: