segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Regresso

Proponho um brinde. Celebraremos a minha inexistência.
Tudo é vazio, tudo é nada sem você.
É muito triste não te ter ao meu lado e assim, não viver os dias, afogada nessa dor que só me permite subsistir.
Essa dor que não passa, que não dá uma trégua para que em mim, talvez, acenda um pequeno ponto de esperança.
Tem sido difícil desde que você se foi. Sua falta não me deixa respirar. Sinto-me sufocada sem o seu fôlego.
Os dias passam e apenas passam. É como se eu não estivesse aqui. Estou adormecida, mas com o seu regresso renascerei.
Eu te amo. Sim, eu te amo. Nada faz sentido se eu não posso te sentir.
Volte, meu amado. Volte para os meus braços. Corra na minha direção, olhe nos meus olhos, devore meus lábios e penetre no mais profundo da minha alma.
Eu te amo. O teu retorno é o meu maior anseio.
Estou entregue, completamente apaixonada e perdida.
Por que demora se o perfeito amor te espera?
Por favor, não me abandone. Não me deixe morrer aqui na escuridão.
O Sol não brilha e as estrelas escureceram. Os peixes morreram e os pássaros já não cantam. O mar se converteu em sangue e o céu despencou de seu firmamento. O riso cessou e até a música soa como pranto. Em nada mais se acha beleza senão no seu lindo rosto.
Meu hospedeiro é frio sem o calor do teu corpo e a chama ardente do teu coração. Meu semblante é abatido e até os meus ossos secaram. Não resta nada de proveitoso em mim.
Volte e me devolva a vida, o ar, o chão.
Você dominou o meu mundo, o seu nome está em todos os lugares. Estou doente. Doente pelo seu toque. Estou viciada em você e essa falta vai acabar me matando.
Preciso das suas mãos fortes e da tua pele macia.
Preciso te abraçar e sentir teu cheiro.
Preciso do teu olhar malicioso e da sua séria expressão. Preciso das suas palavras firmes e do teu lindo sorriso.
Preciso da tua voz grave e do teu beijo de boa noite. Preciso do teu abraço que me faz sentir segura. Preciso acordar e saber que é o teu corpo que envolve o meu.
Suplico que você saia do anonimato e venha me proteger. Me acorde deste terrível pesadelo onde você é feito apenas de sonhos, devaneios e lembranças minhas.
O meu coração será para sempre o mais lindo troféu na sua estante, ainda que não muito valioso, foi guardado para você com a mais fervorosa devoção.
Você é tudo que eu tenho e tudo que eu queria ter. Você é o meu maior sonho. Em você está toda a glória, sucesso e satisfação que eu jamais tive.
O teu nome está gravado em minha alma com gozo, louvor e aprovação - ela também te pertence - e ele simboliza na minha essência, o amor, o que há de mais belo e puro.
Eu te amo. Por isso te venero.
Qualquer memória do que eu era antes de você (se é que o era) foi apagada. Minha existência se resume no seu reflexo.
Você me consumiu. Nada mais sou do que o meu amor por você.
Todo meu eu foi criado para você. Tudo que se denominava meu, te foi dado.
Cada partícula do meu ser grita, implorando o teu retorno.
Apenas volte e destrua tudo que em mim, ainda exista sem você.

(2010)

Nenhum comentário:

Postar um comentário